quinta-feira, 1 de março de 2012

O último adeus ao pastor Antônio Tiburtino será na AD Campinas

Sua marca registrada era a da oração

O pastor Antonio Tiburtino faleceu nesta madrugada (01:25 hs) em Campinas. Aos 93 anos de idade. Seu corpo será velado no templo sede da AD Campinas e o culto fúnebre será as 14h. O corpo será enterrado, as 17h, no Cemitério das Aléias na Avenida das Aléias s/nº, no Jardim Flamboyant, Campinas. (19 - 3254 - 6820). A saída do templo sede está prevista para as 16:30 hs.

Ele prestou serviços à igreja em Campinas desde o ano de 1962 vindo da região de Adamantina, quando foi convidado pelo saudoso pastor Venâncio Rodrigues dos Santos para dirigir a congregação de Campos Elíseos, onde permaneceu por mais de 18 anos. Sua esposa, irmã Maria Rodrigues da Silva (in memorian), foi uma das fundadoras do Círculo de Oração na igreja de Campinas; primeiro no Campos Elíseos e depois na sede quando ainda era na rua Sales de Oliveira.

Do ano de 1964 a 1982 pastor Tiburtino foi vice-presidente na gestão do pastor Marinésio Soares da Silva. Depois de dirigir a congregação de Campos Elíseos, foi supervisor de diversos setores do campo. Em 1988, ao completar 70 anos, veio a jubilação, mas permaneceu cooperando em diversas igrejas. Sua marca registrada é a da oração.Sua história se entrelaça com a igreja campineira.  Seus filhos são atuantes na obra, dentre eles destaque para o evangelista Enoch Tiburtino, que é o diretor Executivo da Missão Ceifa.

Na comemoração dos 75 anos o vereador professor Alberto lhe condecorou com o Título de Cidadão Campineiro.

Uma trajetória vitoriosa

O Pr. Antonio Tiburtino chegou em Campinas/SP em 1962 (vindo de Adamantina) e desde então, serviu a Deus como presbítero, evangelista e pastor. Trabalhou com os pastores Venâncio Rodrigues, Sebastião Pereira, Marinésio Soares e últimamente com o Pr. Paulo Roberto Freire da Costa. Como pai, esposo e pastor escreveu uma história exemplar. Da sua vida e exemplo, deixa uma família cristã e operosa na obra de Deus. Na sua genealogia deixa pastores, líderes, missionários, professores teológicos. Louvamos a Deus pelos anos que nos presenteou com a vida do Pr. Tiburtino.

Aceitou a Jesus Cristo em 1945 e serviu a Deus com fidelidade desde então. Foi obreiro do Senhor por 68 anos, trabalhando em Adamantina, Marília e Campinas. Foi pastor em Campinas, trabalhando como dirigente, supervisor e vice-presidente.

Deixa 6 filhos, 2 genros, 2 noras, 12 netos e 2 bisnetos. Todos salvos em Jesus Cristo. Foi um grande missionário e só a eternidade nos mostrará o alcance do seu trabalho pastoral. Nós, como família e igreja ficamos mais pobres, porém os céus foram enriquecidos com o Pr. Tiburtino.

Um comentário:

  1. Honra, perseverança e carinho são as palavras que cabem a este homem de Deus.

    ResponderExcluir