segunda-feira, 28 de março de 2011

Pastor Wagner Tadeu dos Santos Gaby é eleito Pastor Presidente da Assembleia de Deus em Curitiba, PR


O pastor Wagner Tadeu dos Santos Gaby foi eleito presidente do Ministério da Assembleia de Deus em Curitiba (PR). A eleição se deu na manhã e tarde do último domingo, 27 de março, no templo-sede da referida igreja. O pastor Gaby substitui o pastor José Pimentel de Carvalho, falecido em 24 de fevereiro, aos 95 anos, depois de estar já há alguns anos ao lado do pastor Pimentel como vice-presidente da igreja e dirigente do templo-sede.

Cerca de 9 mil dos 33 mil membros ativos da Assembleia de Deus curitibana votaram. Pastor Gaby foi eleito com 3.814 votos, quase 800 votos a mais que o segundo colocado, o pastor Mirislan Douglas Scheffel, líder da congregação no bairro Hauer em Curitiba e 2º tesoureiro da CIEADEP, que obteve 3026 votos. Os demais candidatos foram o pastor Hidekazu Takayama, evangelista conhecido nacionalmente e deputado federal, com 933 votos; e Gessé Luiz Rosa, superintendente de Evangelismo da igreja curitibana, com 411 votos. Brancos e nulos somaram ao todo 73 votos.

A comissão eleitoral foi comandada pelos pastores Misael Soares Ribeiro e Manoel Marques Santos, que trabalharam de maneira muito organizada para que a membresia tivesse todas as condições para votar de forma rápida e eficiente.

Após a votação que ocorreu das 9 às 17 horas, pastor Gaby foi empossado, às 20h35, num clima de muita emoção para todos os presentes.

Pastor Wagner Tadeu dos Santos Gaby é major capelão do Exército Brasileiro, tendo sido o primeiro capelão pentecostal das Forças Armadas; comentarista de Lições Bíblicas de Escola Dominical da CPAD, escritor, membro da Casa de Letras Emílio Conde e da Academia Evangélica de Letras, e célebre palestrante em Escolas Bíblicas de Obreiros pelo Brasil. Presidiu em 2007 e 2009 a comissão eleitoral da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, CGADB.

A Assembleia de Deus em São Paulo, Ministério do Belém, bem como a Convenção Estadual de Ministros CONFRADESP, na pessoa de seu presidente e esposa, pastor José Wellington Bezerra da Costa e irmã Wanda Freire da Costa se congratulam com o pastor Gaby e toda família, bem como com o Ministério da AD em Curitiba pela vitória.

Parabéns Pastor Wagner Gaby!

Pr. José Wellington e
irmã Wanda Freire

terça-feira, 22 de março de 2011

Artigo Pastoral: Entregue o que você tem a Jesus e Ele fará um milagre em sua vida

Desejo compartilhar com o prezado leitor uma mensagem com base na passagem bíblica do Evangelho Segundo João, capitulo 6, onde é relatado um dos grandes acontecimentos no Novo Testamento, até porque o ministério de Jesus foi rico, mas não somente em palavras. O Senhor não foi apenas uma pessoa eloquente, mas era também uma pessoa que falava e realmente executava. As palavras de Jesus tinham efeito, e não somente pelos sinais e milagres, mas também pelo seu exemplo e pela sua unção, que era tão forte ao ponto de, ao falar a mensagem, os corações se derreterem.

Conta-nos João que o Mestre estava rodeado por uma grande multidão e com ele estavam reunidos seus discípulos, mas Jesus, que atenta às nossas necessidades, se sensibilizou por aquela multidão formada por pessoas já cansadas e famintas. Ele chamou Filipe, um dos seus apóstolos, e faz a célebre pergunta: “Onde compraremos pão para estes comerem?”. João deixa claro que o Senhor disse isso para experimentá-los, porque sabia o que havia de fazer. Filipe respondeu-lhe: “Duzentos dinheiros de pão não lhes bastarão, para que cada um deles tome um pouco”. O relato continua e outro discípulo, André, irmão de Simão Pedro, saiu dentre a multidão e encontrou um rapaz, que apresentou ao Mestre, Ele tinha um pequeno lanche, constituído por cinco pães de cevada e dois peixes. André o apresentou, mas com uma observação: “O que é isto para tantos?”


Desejo chamar a sua atenção para esse milagre, conhecido como “A Multiplicação dos Pães e Peixes”, para extrair dessa leitura algumas verdades. Aqui encontramos a disponibilidade de um jovem que não tinha uma grande quantidade de comida para oferecer, mas que, quando foi abordado por André, certamente abriu seu coração. Acredito que o jovem creu que o se entregasse para Jesus o pouco que possuía, havia a chance de acontecer um grande milagre, e foi justamente o que aconteceu. O menino, trazido por André, se encaminha para Jesus, entrega para o Senhor o seu lanche e logo toda a multidão se assenta sob a Sua ordem, e então começa a distribuição daquele pequeno lanche. Ele coloca nas mãos de seus apóstolos e aqueles homens alimentaram a multidão.

Medite agora no conteúdo dessa mensagem e pergunte a si mesmo o que acontece hoje com você. Saiba que Jesus não quer o seu dinheiro, até porque Ele não precisa. A Bíblia diz que o Senhor é dono da prata e do ouro, e que a Terra e a sua plenitude pertencem ao Criador, mas existe algo que Ele pede a você de uma forma singela: “Filho meu, dá-me o teu coração”. Jesus faz esse pedido porque tem interesse em abençoá-lo. A Bíblia informa que o coração é o centro, a saída da vida, é do coração que saem todos os recursos para o nosso pensamento e vida. Lembre-se: Ele quer todo o seu coração para expulsar todo o malefício, como a ira e mágoas.

Encontramos na Bíblia que o sangue de Jesus Cristo nos purifica de todo o pecado. Ele quer purificar o seu coração e torná-lo limpo. E sabe o que o Senhor faz em seguida? O apóstolo Paulo nos conta que Ele vem e faz no nosso coração a Sua morada. O próprio Jesus manifesta o Seu desejo de estar próximo do ser humano, quando diz: “Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo”, Ap 3.20.

Pelos laços do Calvário;

Pr. José Wellington Bezerra da Costa
Presidente da AD em SP, Ministério do Belém,
CONFRADESP e CGADB

segunda-feira, 21 de março de 2011

Festa em Suzano, Setor 13 comemora aniversário do pastor Paulo e irmã Rute

Pastor Paulo Silva comemora 74 anos de vida

Suzano (SP) - Cuidar de uma igreja com mais de 6 mil membros espalhados em 65 congregações numa das cidades mais prósperas da grande São Paulo, requer que o pastor seja paciente, compreensivo e amigo de todos, mas na hora necessária duro, austero e até irredutível. Estas características são marcantes no mineiro nascido em São Geraldo (MG) no dia 05 de março de 1937, o reconhecido pastor do ministério do Belém em Suzano, Paulo Silva.

Pastor Paulo Silva e sua esposa irmã Rute Silva foram destacados, na noite de ontem, 14, pela igreja suzanense e por uma multidão de obreiros da capital e interior que prestaram um Culto em Ações de Graças pelo aniversário de vida do casal .

O vice- presidente do ministério do Belém pastor José Wellington Costa Jr, dirigiu o culto e representou o pastor presidente José Wellington Bezerra da Costa. O pastor e deputado federal Paulo Freire (Campinas – SP) em suas palavras relembrou as características e qualidades do aniversariante.

Pastor Paulo Freire falou em nome dos pastores de todo o interior, ressaltando ainda o trabalho que o aniversariante presta junto a Secretaria de Missões do Belenzinho e do seu cuidado com os missionários, e por fim deu um abraço caloroso no casal.

O pastor Evandro Souza Lopes, Setor 04 - Santana, que representou os pastores da capital lembrou seu grau de amizade com pastor Paulo Silva e sua sinceridade junto ao ministério.

Seu neto André Silva fez revelações da vida de oração e comunhão do casal. O grupo de crianças, jovens e adolescente o um conjunto com 500 mulheres louvaram a Deus no culto.

Pastor Paulo Silva tem dois filhos Levi e Kézia que por sua vez lhe deram 4 netos, dois do Levi, os gêmeos Caio e Pedro, e da irmã Kézia os adolescentes André eEvelin.

Os deputados estaduais Estevam Galvão de Oliveira (DEM) e José Cândido (PT) estiveram presentes o deputado Adilson Rossi foi representado pelos evangelista Rafael Rossi, seu filho.

Contribuição
Por Pr. Juarez Lima

terça-feira, 1 de março de 2011

Até breve pastor José Pimentel de Carvalho


Pastor José Pimentel de Carvalho, aos 95 anos partiu para as mansões celestiais na manhã do dia 24 de fevereiro, o Senhor o recolheu e fica a lacuna para as Assembléias de Deus em Curitiba, do Brasil e para o Reino de Deus aqui na terra, porém o seu testemunho de vida entre nós ecoa e nos estimula a querer servir mais e nos desafia a seguir o seu exemplo de homem honrado e dócil, de líder servo e humilde, de pai provedor e de pastor amoroso.

Em cinco cultos realizados no templo central da Assembleia de Deus de Curitiba, milhares de fiéis das Assembleias de Deus, de outras igrejas evangélicas e vários amigos e admiradores puderam prantear a partida do pastor Pimentel e consolar os familiares no momento de muita dor e tristeza.

O pastor Wagner Tadeu dos Santos Gabi, vice-presidente da AD em Curitiba que dirigiu os cultos disse em um deles, “estamos aqui reunidos por dois motivos principais: para glorificar a Deus pela vida deste grande homem de Deus e agradecer pela sua vida, especialmente pelos 49 anos que tem nos apascentado e a igreja se reúne para que de alguma forma possa demonstrar a sua solidariedade a família e interceder para que o Espírito Santo os conforte”.

Durante os cultos no velório do pastor Pimentel foram lidas várias mensagens de condolências a família e a igreja, as mensagens chegavam através da internet e via telefone, vários pastores e líderes evangélicos de todo o Brasil e do exterior externaram os seus sentimentos, pessoalmente também várias autoridades, civis, militares e religiosas prestaram a sua última homenagem ao querido pastor.

O féretro do pastor Pimentel foi transladado no carro do Corpo de Bombeiros do Paraná, do qual era portador da medalha Presidente Carlos Cavalcanti de Albuquerque, a mais alta condecoração da corporação, foi escoltado por batedores e acompanhado por milhares de carros, sendo enterrado no dia 26 de fevereiro, sábado, por volta das 12h no Cemitério Jardim das Saudades na cidade de Curitiba.

O legado para Assembleia de Deus em Curitiba

O pastor Pimentel de Carvalho que nasceu em 8 de fevereiro de 1916, em Santa Tereza, na cidade de Valença, estado do Rio de Janeiro, quinto de nove irmãos, casou com a irmã Rosa Maria de Carvalho, que conheceu aos 19 anos, numa fábrica de tecelagem, falecida em 2002. Juntos tiveram 11 filhos, oito ainda vivos sendo que alguns são pastores.

Na Escola Bíblica de Obreiros realizada na AD em São Cristovão, bairro da capital fluminense, no dia 18 de maio de 1945 aos 29 anos, pastor Pimentel foi ordenado a pastor pelos líderes pioneiros da AD no Brasil, pastores Samuel Nyström e Cícero Canuto de Lima.

Tão logo foi ordenado a pastor passou a auxiliar o missionário Nels Julius Nelson, na época pastor presidente da AD de São Cristóvão e pioneiro da AD no Brasil. Também pastoreou as igrejas dos bairros de Cordovil e Penha na cidade doRio de Janeiro, então congregações da AD de São Cristovão, em seguida, Cabuçu, em Itaboraí, interior do Rio de Janeiro e finalmente Curitiba.

No dia 6 de março de 1962, a convite do Pastor Agenor Alves de Oliveira, então presidente da AD em Curitiba, pastor Pimentel assume a igreja, que contava com 8 igrejas e aproximadamente 1.800 membros.

Depois de 16 anos, em 1978, iniciou a construção do atual templo central na Avenida Candido de Abreu, com capacidade para 3.400 pessoas e 5.710 m², um desafio enorme para a época, mas alcançado. Em 1979, a igreja sob sua liderança prosperou e passou de 8 igrejas para 217 igrejas, de 8 propriedades para 140 propriedades e contava com cerca de 23 mil membros.

Atualmente a IEADC conta com mais de 300 igrejas somente na capital e mais de 1.000 na região metropolitana, tendo cerca de 90 mil membros. Pastor Pimentel, além de ter ganhado muitas almas para Cristo, fez inúmeros discípulos e pastores que exercem os seus ministérios em todo o território nacional e no exterior.

Também foi por mais de 40 anos o anfitrião de milhares de líderes, obreiros, obreiras, missionários, evangelistas e pastores que vinham a Curitiba aprender na Escola Bíblica de Obreiros, um grande esforço para a igreja local, mas que ele fazia com muita alegria.

Amante do ensino da palavra de Deus até os 90 anos de idade ministrava ordinariamente na igreja o ensino da Palavra, todas as terças-feiras, nos cultos de doutrina e também ministrava como professor titular de uma das classes da Escola Bíblica Dominical do templo central da AD em Curitiba.

Pastor Pimentel um dos três pioneiros ainda vivo das ADs no Brasil que trabalharam com os missionários suecos Daniel Berg e Gunnar Vingren fundadores da denominação no Brasil aguardava com grande expectativa o centenário das Assembleias de Deus.

Um visionário para a Casa Publicadora das Assembleias de Deus no Brasil

Em sua fala no último culto fúnebre, realizado no templo central da IEADC, no dia 26 de fevereiro o irmão Ronaldo Rodrigues de Souza, diretor-executivo da CPAD e amigo do pastor Pimentel disse: “neste dia falo como amigo, como admirador, mas também em nome dos funcionários da CPAD”, testemunhou que o pastor Pimentel foi um dos pioneiros da CPAD “aos 21 anos de idade quando estava na AD do bairro de São Cristovão no Rio de Janeiro, antes mesmo da CPAD existir como pessoa jurídica o pastor Pimentel já rodava materiais no mimeógrafo nas primeiras instalações da editora”.

“Pastor Pimentel, chefiou o Departamento de Escola Dominical da CPAD por oito anos, de 49 a 57, tendo sido o responsável pela criação das primeiras lições bíblicas para crianças para as quais dedicou muito carinho, tendo introduzido no Jornal Mensageiro da Paz, o suplemento o Mensageiro da Paz Infantil, criou a revista a Seara na década de 50 e nela uma seção, Vovô Conselheiro que escreveu por várias edições para ajudar os pais. Integrou a primeira equipe do CAPED – Curso de Aperfeiçoamento de Professores da Escola Bíblica Dominical”.

Pastor Ronaldo Rodrigues concluiu lembrando aos presentes que o pastor Pimentel é o autor de dois hinos da harpa cristã, hinário oficial da ADs no Brasil, os hinos 541 – Calvário, Revelação de Amor e 620 – Na Jornada para o Céu, irmão Ronaldo encerrou sua fala com um trecho do hino de número 620 da HC “Sei que é certa a vitória, que Jesus me garantiu: eu vou chegar à Glória que o mortal inda não viu”. O pastor Pimentel também lançou e comentou pela CPAD em 1973 a Minha Revistinha periódico para crianças de 4 e 5 anos.

Presidente da CGADB

Pastor José Pimentel de Carvalho foi presidente da CGADB – Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil por seis vezes: 1964-66, 1973-75, 1975-77, 1977, 1981-83 e 1985-87. Também chegou a ser secretário da CGADB por 8 anos consecutivos.

pastor José Wellington Bezerra da Costa, atual presidente da CGADB, presidente da Convenção Fraternal Inter-estadual das ADs em SP (CONFRADESP) e da AD em São Paulo, Ministério do Belém, que esteve acompanhado de sua esposa, líder da União Nacional das Esposas de Ministros das Assembleias de Deus (UNEMAD), irmã Wanda Freire da Costa, amigos pessoais do pastor Pimentel, em sua fala disse: “quero deixar o sentimento maior da CGADB por que o pastor Pimentel deixa em todo o território nacional uma lacuna, nos seus 66 anos de ministérios nos anais desta casa registra os passos deste homem bom e certamente confirmados pelo Senhor, por seis vezes presidiu a convenção geral, nossos sinceros sentimentos, a família que perde o chefe, a igreja o pastor, a Assembleia de Deus no Brasil um de seus líderes e a nós particularmente um grande amigo”.

A Convenção no Paraná - CIEADEP

A Convenção das Igrejas Evangélicas Assembleias de Deus no Estado do Paraná -CIEADEP que foi fundada no dia 22 de abril de 1960 foi presidida pelo pastor Pimentel por quinze vezes: nos períodos de fevereiro/64 a fevereiro/66, de julho/71 a junho/75, de junho/77 a junho/78, julho/79 a junho/80, junho/80 a julho/81, julho/81 a julho/82, julho/82 a dezembro/83, dezembro/83 a dezembro/84, dezembro/84 a dezembro/85, dezembro/85 a dezembro/86, dezembro/86 a dezembro/87, dezembro/87 a dezembro/88, dezembro/88 a dezembro/89, dezembro/92 a dezembro/93 e dezembro/93 a dezembro/94.

O pastor Pimentel que é o presidente de honra da CIEADEP, quando a presidia demonstrou novamente o seu amor pelo ensino da palavra de Deus e pela formação de obreiros preparados para a seara do Mestre, quando no dia 4 de abril de 1976, funda a Associação Educacional das Assembleias de Deus do Estado do Paraná – AEADEPAR e o Instituto Bíblico das Assembleias de Deus do Estado do Paraná – IBADEP.

Na abertura da 49ª Assembleia Geral da CIEADEP, realizada no templo central da AD em Curitiba no dia 26 de outubro de 2009, o pastor Pimentel disse ao então vice-governador do Paraná, Orlando Pessuti (PMDB) em seu gabinete. “Numa convenção como esta, o que prevalece é o sentimento de fortalecer o cristianismo, a unidade das famílias e o trabalho fantástico que as ADs fazem no Paraná, no Brasil e mundo afora”, ele como presidente de honra da CIEADEP foi à grande voz dos pastores e evangelistas da AD no Paraná.

O pastor Ival Teodoro da Silva, presidente da CIEADEP e da AD em São José dos Pinhais em sua fala disse “deixamos de ter o privilégio da presença do nosso grande líder e presidente de honra, porém como o Salmos 37.3 diz: “Confia no SENHOR e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado”, podemos afirmar que pelos testemunhos que o pastor Pimentel deu e pelo bem que fez entre nós certamente não lhe faltará o alimento da vida eterna em Cristo Jesus e, em breve o veremos na glória”.

Pastor Pimentel, um líder a serviço da comunidade:

O pastor José Pimentel de Carvalho que é cidadão benemérito do Paraná e honorário de diversas cidades brasileiras, entre elas a cidade de Curitiba, sempre recebia a todas as pessoas e lideranças em seu gabinete pastoral ou casa com humildade, amor pastoral e grande hospitalidade.

Não só as lideranças evangélicas de todo o Brasil e do exterior enviaram condolências a família e a igreja de Curitiba pelo falecimento do pastor Pimentel, mas várias autoridades e diversos políticos.

Entre essas mensagens, destacamos a mensagem da Presidente da República, Dilma Rolssef (PT) e o voto de pesar que o senador Álvaro Dias (PSDB) fez no plenário do Senado da República pela morte do pastor Pimentel afirmando que “Ele foi um exemplo de vida dedicada a propagar os ensinamentos do Evangelho e um dos últimos remanescentes dos pastores que tiveram a oportunidade de conviver com os introdutores no Brasil da ADs”.

O ex-governador e atual senador pelo Paraná, Roberto Requião (PMDB) de quem o pastor Pimentel era amigo pessoal disse no último aniversário do pastor realizado no dia 08 de fevereiro no templo central da AD em Curitiba sobre a sua amizade com o pastor Pimentel: “Ao invés de um discurso, que geralmente é longo e chato, quero assumir com o pastor Pimentel o compromisso de abraçar o meu amigo nos próximos dez aniversários. Daí pra frente vou estar meio velho e não sei se vou poder aparecer”,afirmou.

Requião disse que era amigo do pastor Pimentel desde o tempo em que era prefeito de Curitiba, lembrou que conheceu o líder da Assembleia de Deus em seu gabinete. “Me diziam que havia um pastor na sala de espera que queria falar comigo. Achei que,assim como as demais pessoas, iria fazer algum pedido. Fui logo perguntando: o que posso fazer para ajudá-lo? Ele disse eu soube que o senhor está criando a Assoma –Associação dos Meninos de Curitiba, e que, neste início de mandato, a prefeitura está com falta de recursos. Eu vim em nome da AD do Paraná oferecer os tijolos para completar a obra. A associação foi construída com os tijolos da AD e do pastor Pimentel, que passou a fazer parte do conselho gestor desta escola que atendia meninos e meninas de rua. Desde então o pastor se transformou num grande amigo”, disse o governador.

O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), em sua fala no velório do pastor Pimentel disse: “Quero transmitir meus sentimentos. Tive o privilégio de frequentar a casado pastor e de compartilhar bons momentos com toda a família. Ele foi um homem admirável, uma referência de bondade e princípios cristãos não somente para os fiéis da igreja Assembleia de Deus, mas para toda a cidade”.

O ex-governador do Paraná, Orlnado Pessuti (PMDB) falando sobre o pastor Pimentel afirmou: “tive a oportunidade de selarmos compromissos de parceria, de trabalho conjunto entre as Assembleias de Deus e o governo do Estado, porque só assim podemos combater a criminalidade e reduzir este mal terrível que é o consumo de drogas. É desta forma, também, que podemos harmonizar a nossa vida e fazer com que as crianças possam crescer com o sentimento cada vez mais forte na fé cristã, que devotamos e devemos praticar no dia a dia, pastor Pimentel foi essencial para o Paraná”.

Inúmeras autoridades compareceram nos velórios, o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB); o deputado estadual Valdir Rossoni, presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, a cantora deputada estadual, Mara Lima, membro da AD em Curitiba e vários outros deputados estaduais; a vereadora de Curitiba, Noêmia Rocha, membro da AD em Curitiba e vários outros vereadores.

Pastor Pimentel, respeitado por todas as lideranças da comunidade evangélica da AD no Brasil e igrejas co-irmãs: Diversos pastores de igrejas co-irmãs estiveram presentes nos cultos realizados no velório do pastor Pimentel, para prestar uma última homenagem de corpo presente ao irmão Pimentel como ele gostava de ser chamado. Lideranças como: o pastor Estevão, presidente da Igreja Batista Nacional em Curitiba; pastor Presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular e Pastor Euclides Pain, representando a Convenção Batista e a Sociedade Bíblica do Brasil.

Fazendo o uso da palavra o pastor Paschoal Piragine da Primeira Igreja Batista de Curitiba, sintetizou seu depoimento em três pontos marcantes sobre o pastor Pimentel:


“(1) quando cheguei em Curitiba eu vinha do estado de São Paulo onde as Assembleias de Deus e a Igreja Batista não tinham um bom relacionamento, porém tão logo me instalei aqui o pastor Pimentel me visitou e me convidou a visitá-lo, participei de uma reunião de pastores e o pastor Pimentel pegou uma toalha e passou a servir os cerca de cem pastores presentes;

(2) depois já exercendo o meu ministério aqui em Curitiba fiquei muito doente e precisei me afastar por 2 meses, estava em casa quando o interfone tocou era o pastor Pimentel que vinha me visitar com alguns presbíteros e orou por mim”.

(3) Pastor Paschoal Piragine finalizou lembrando o que Estevão disse ao ser morto por apedrejamento e que esta registrado na Bíblia em Atos dos Apóstolos,capítulo 7 e versículo 56 “Eis que vejo os céus abertos, e o Filho do homem, que está em pé à mão direita de Deus.” “Todas as vezes que a Bíblia mostra Jesus na glória,Ele esta assentado ao lado de Deus, mas para receber Estevão ele fica em pé creio que Jesus também se levantou para receber o Pastor Pimentel nos céus”.

Já o pastor Marcondes, da Igreja Presbiteriana do Brasil, disse “venho aqui representando a nossa igreja, inclusive nacionalmente e apresentar o nosso carinho, aminha alegria quando via o pastor Pimentel chegar as nossas reuniões na Sociedade Evangélica Beneficente de Curitiba, a sua presença falava muito mais do que as nossas falas, era o nosso paradigma “para mim o viver é Cristo” certamente Cristo foi o seu viver, agora ele vai ceifar por que Ele o levou para a Sua gloria. A Deus toda honra!” Bispo Cirino Fero, Presidente do Conselho de Pastores de Curitiba e da Comunidade Sara a Nossa Terra disse “o pastor Pimentel esta deixando um legado para nós, ele dorme no Senhor, mas ficam as suas marcas em nossas vidas por tudo o que fez”.

O deputado federal Dr Andre Zacharow (PMDB) que é o presidente licenciado da Sociedade Evangélica Beneficente e amigo do pastor Pimentel disse “em Jesus eu tenho amigo, e Jesus disse vós sereis meus amigos se fizerdes o que eu mando. Tive o privilégio de gozar da amizade do pastor Pimentel, visitava ele e ele nos visitava, ele foi um conselheiro e um grande amigo. Amizade é algo sério começa aqui e digo até breve pastor Pimentel. O pastor Pimentel tinha aquele ideal comum da solidariedade e sempre dizia siga em frente para ação permanente, certa vez quando lançávamos a marcha para Jesus em Curitiba ali no estádio do atlético paranaense ele disse em sua oração “que caiam as placas de nossas igrejas e que prevaleça o nome de Jesus Cristo”.

O pastor Takayma e deputado federal (PSC) fazendo uso da palavra disse “pastor Pimentel sempre foi um homem empreendedor, um grande líder, mas principalmente ele foi um homem de muita paz, um apaziguador”.

O deputado federal Fernando Francischini (PSDB) em nota disse: “Hoje, meu coração encheu-se de tristeza, porque neste dia deixa de estar entre nós o amigo, irmão, pastore pai José Pimentel de Carvalho. Usou todos os momentos de sua vida pregando e ensinando a dignidade, coerência e paciência entre os homens no amor de Cristo. Me alegro e glorifico a Deus por tê-lo colocado em meu caminho, o que me proporcionou uma íntima amizade, a qual aproveitei todos os momentos em que passamos juntos para aprender e exercitar a palavra de Deus para o meu crescimento espiritual”.

Durante os cultos várias lideranças das Assembleias de Deus no Paraná e no Brasil estiveram presentes e as que fizeram uso da palavra sempre demonstraram como o pastor Pimentel foi um exemplo marcante em suas vidas.

Pastor Samuel Câmara disse “deixo o abraço da igreja mãe a esta amada igreja e a família do pastor Pimentel. Sempre em nossas passagens pelo Paraná e por Curitiba sempre visitávamos o pastor Pimentel e cantávamos, como Lucas registra com certeza “voltou para casa”, o pastor Pimentel esta na glória”.

O pastor Antônio Gilberto, Conultor Teológico da CPAD e amicíssimo do pastor Pimentel e que nos últimos 30 anos sempre participou da Escola Bíblica de Obreiros de Curitiba como professor a convite do pastor Pimentel disse: “É muito difícil sumariaro que foi o pastor Pimentel, ele foi meu pastor no Rio de Janeiro, a nossa vida de fé e a nossa base doutrinária e exemplo de vida vem dele, era muito cuidadoso da mocidade, lembro-me que em 53 era carnaval e a nossa congregação estava realizando estudos bíblicos pela manhã o estudo era em Deuteronômio 32, de repente ele vem para Curitiba no Paraná esperava-se que fosse temporária, mas ficou até hoje.

Desde 73 quando criamos o CAPED o convidei para fazer parte da equipe e ele gentilmente aceitou. Me pergunto, como alguém aceita trabalhar sobre a minha liderança, um pigmeu espiritual? O pastor Pimentel me ajudou muito inclusive com os desenhos, naquele tempo não tínhamos os recursos de hoje, concluindo ano passado 2010, preparando o manual da EBO ele decidiu fazer uma surpresa para mim, redigiu um artigo e colocou na quarta pagina um testemunho de minha participação na EBO coma foto minha e de minha esposa. Pastor Pimentel um amigo generoso”.

No último de cinco cultos no velório do pastor, no sábado pela manhã o pastor José Wellington, ministrou a palavra de Deus e disse: “a sua marca é indelével para todos nos que seguimos os seus exemplos, homem fiel, sincero, dócil, presidia com interesses maiores, dizer que ele foi um grande líder é pouco, sacerdote da família, um cristão na igreja do senhor, mas o verdadeiro pai para aqueles que dele se aproximava”.

Pastor José Wellington em sua meditação leu o capítulo 3, versículo 38 do livro de 2 Samuel “Então disse o rei aos seus servos: Não sabeis que hoje caiu em Israel um príncipe e um grande?”, e disse “para mim pastor o Pimentel foi maior do que Abner, enquanto Abner teve senões, pastor Pimentel teve um ministério irrepreensível e todos sabemos da sua vontade em fazer o melhor, no púlpito sua dedicação e fidelidade a Bíblia Sagrada, na administração o cuidado em administrar o dinheiro,nos pisamos em um solo que foi montado e colocado por este homem, estes bancos foram confeccionados por alguém que folheava a bíblia, mas que quando era necessário pegava as ferramentas para fazer algo para a obra de Deus”.

Pastor José Wellington finalizou dizendo “Já foi citado o evangelho de Lucas que registra que terminado os seus dias ele voltou para a Casa, este é um dos momentos mais solenes, por que todos nos identificamos diante da realidade da vida, pois a alguns lhes é dado mais dias de vida, e a Bíblia Sagrada diz que Deus prolonga os dias da vida, outros são semeados em idade mais curta, porém nos colocamos diante da verdade da vida em que como disse Vitor Hugo todos os homens ao nascer são candidatos a morrer, pastor Pimentel vive entre os santos nos céus”.

Entre os pastores da Assembleia de Deus no Brasil que estiveram presentes foram: pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente da CGADB e sua esposa Wanda Freire; pastor Samuel Câmara, presidente da igreja mãe em Belém do Pará e sua esposa Rebeca Câmara; pastor Ronaldo Bezerra, diretor-executivo da CPAD; pastor Antonio Gilberto, consultor teológico da CPAD e sua esposa Iolanda; pastor César Moises, chefe do departamento de educação cristã da CPAD; pastor Claudionor de Andrade; pastor Ubiratan Batista Job, presidente da Convenção das Igrejas Evangélicas e Pastores das Assembleias de Deus no Rio Grande do Sul; pastor Elianai Cabral, presidente da AD Brasília; pastor Nemuel Sotero, presidente da AD em Vitória no Espírito Santo;pastor Moises de Melo e Silva, representando a AD em Manaus; pastor Moisés Martins, representando o pastor Gilvanil dos Santos da AD em Florianópolis; pastor Ciro Sanches Zibordi, AD em Cordovil; pastor Erico Galdin da AD em Campinas; pastor Isaías Silvestre da AD em Minas Gerais e pastor presidente da AD em Itajaí-SC.

Caravanas de pastores presidentes de campos da AD no Paraná acompanhados de seus liderados, pastores, evangelistas compareceram para prestar a sua solidariedade a família e homenagear o companheiro, entre eles: o pastor Moisés Ramos da AD em Londrina, o pastor Robson Brito da AD em Maringá, o pastor Isaías Cardozo da AD em Foz do Iguaçu, o pastor Perci Fontoura da AD em Umuarama, o pastor José Alves da AD em Paranaguá. Igualmente todos os membros da mesa diretora da CIEADEP: pastor Ival Teodoro da Silva, Presidente da CIEADEP e líder da AD em São José dos Pinhais; pastor Moisés Lacour, 1º Vice-Presidente e líder da AD em Piraquara; pastor Aparecido Storbem, 2º Vice-Presidente e líder da AD em Telêmaco Borba; pastor Edilson Santos Siqueira, 1º Secretário e líder da AD em Colombo; pastor Samuel Azevedo dos Santos, 2º Secretário e líder da AD em Ivaiporã; pastor Hercílio Tenório de Barros, 1º Tesoureiro e líder da AD em Faxinal e o pastor Mirislan Douglas Schefffel, 2º Tesoureiro, líder da AD Vila Hauer em Curitiba.

A todos nós fica advertência frequente do nosso amado e querido irmão e pastor, José Pimentel de Carvalho “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem às saídas da vida”. Provérbios 4:23.

Pastor Pimentel, partiu para a glória, mas as suas marcas permanecem na história, e entre nós sempre será lembrado.